Como tirar nota 1000 na Redação do Enem 2018

Atualizado em: 25.09.2018

by Enem 2018 on 25/09/2018

in Sem categoria

Veja neste artigo dicas de como tirar nota 1000 na redação do Enem 2018. A redação é a parte mais temida por muitos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio pois o tema só é divulgado no dia do exame.  Para alcançar a vaga em um curso do ensino superior pelo Sisu – Sistema de Seleção Unificada, Prouni – Programa Universidade para Todos ou Fies – Fundo de Financiamento Estudantil é preciso obter nota superior a zero na redação.

A redação do Enem 2018 será  aplicada no primeiro dia de prova, sendo assim no dia 4 de novembro. Além da redação o estudante terá um caderno de prova com 90 questões de múltipla escolha relacionados a área de Ciências Humanas e suas tecnologias e Linguagens, códigos e suas tecnologias. Neste caso ficará ao critério do estudante qual iniciará primeiro.

Competências exigidas na Redação do Enem 2019

Competências exigidas na Redação do Enem 2019

Para fazer uma boa redação do Enem 2018, a princípio o estudante precisa praticar a leitura, adquirir conhecimentos sobre assuntos relacionados ao Brasil e treinar textos argumentativos-dissertativos. De acordo com o edital, para obter nota 1000 na redação o estudante precisa mostrar domínio nas cinco competências, sendo elas:

  1. Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa;
  2. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, desde que seja argumentativo-dissertativo;
  3. Relacionar, selecionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  5. Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Estas são as cinco competências que serão exigidas na correção da redação, na qual falaremos a seguir. Já o tema é escolhido pelo Inep na qual foca assuntos que estão relacionados na mídia como jornais, televisão, revistas e redes sociais. Dificilmente o Inep escolhe aquele tema que mais repercute, todavia, o Inep sempre surpreende os estudantes com as escolhas. Acreditamos que os temas que poderão ser cobrados será a depressão de jovens na atualidade; notícias falsas que repercute através da modernização, tais como whatsapp e Facebook; problemas com combustível no Brasil; queda de inscritos no Enem ou superlotação do sistema carcerário.

A estrutura do texto do Enem 2018 é muito importante, com isso, nossa dica é que a redação seja elaborado com introdução, desenvolvimento e conclusão. O texto deverá conter no máximo cinco parágrafos.

  • Introdução: É importante que o mostre para o corretor que entende sobre o tema exigido, na qual coloque histórias e fale do assunto;
  • Desenvolvimento: Desenvolva o assunto no qual defenderá o ponto de vista e apresente estatísticas divulgadas por jornais famosos, na qual o corretor irá procurar no Google e encontrar;
  • Conclusão: Esta parte do texto é a mais importante, pois é nela que os corretores focam. O escritor deverá colocar uma introdução apresentando claramente a ideia na qual dará uma solução para o problema, que virá apresentado no tema. Apresente uma tese e a defenda, todavia, evite não seja com intransigência. Lembrando que o texto deverá respeitar os direitos humanos e sendo ele argumentativo-dissertativo.

Como é feita a correção da redação do Enem 2018

Como é feita a correção da redação do Enem 2018

As redações do Enem 2018 são corrigidas por dois professores da área, na qual dão nota de 0 a 200 para cada competência disponível no texto, sendo assim divulgando o resultado no mês de janeiro. Caso haja discrepância entre os dois corretores ou na pontuação (diferença de 100 pontos no resultado final ou de 80 pontos em qualquer competência) terá um terceiro professor.

A nota final da redação do Enem 2018 será atribuída da seguinte forma:

  1. Caso não precise de um terceiro corretor, a nota será a média aritmética atribuída pelos dois professores;
  2. Em caso de desentendimento haverá um terceiro corretor, ou apenas o terceiro irá corrigir a redação;
  3. Em situação de discrepância entre o terceiro corretor e os demais professores, será calculada aquelas duas notas que mais se aproximam;
  4. Caso apenas o terceiro corretor tenha alguma divergência com os dois corretores, a redação será corrigida por uma banca composta por três corretores.

Será aplicada nota zero para as seguintes redações:

  • Aquela redação que esteja fora do assunto exigido pelo Inep;
  • Não esteja escrito de caneta esferográfica de cor preta na folha da redação, na qual se enquadra em folha branca;
  • Contém 7 linhas, considerando insuficiente;
  • Aquelas linhas retiradas do texto motivador serão apenas desconsideradas.

Leave a Comment

Notícia anterior:

Próxima notícia: