Resultado do Enem 2018 será divulgado 18 de janeiro

Atualizado em: 16.11.2018

by Enem 2018 on 14/11/2018

in Datas, Enem, Enem 2018, Provas, Resultado

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP informou que o resultado do Enem 2018 será disponibilizado no dia 18 de janeiro de 2019. Veja neste artigo tudo sobre as provas, notas, resultado e como utilizar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio para concorrer a uma vaga no ensino superior.

A aplicação das provas do Enem 2018 encerrou-se no último domingo (11/11). Segundo o Ministério da Educação, esta edição foi responsável pelo menor número de ausentes desde 2016. O Exame Nacional teve 5,5 milhões de inscritos confirmados, registrando 24,9% de ausentes no primeiro dia e 29,2% no segundo dia.

Conforme declarou Maria Inês Fini, presidente do INEP, será disponibilizado um canal de apuração onde os estudantes poderão encaminhar reclamações e cobrar esclarecimentos sobre as provas e sua aplicação. No Rio de Janeiro, por exemplo, houve muita reclamação referente ao fechamento dos portões, que teria ocorrido 1 minuto antes do horário oficial. O INEP ainda não confirmou o ocorrido nem anunciou quais medidas serão tomadas quanto a este fato.

Como consultar o resultado do Enem 2018

É importante lembrar que será disponibilizado apenas o resultado individual dos participantes regulares do Enem 2018. Os candidatos que fizeram a prova na situação de treineiros só receberão o resultado no mês de março, pois fizeram o exame apenas para adquirir experiência. Já os demais poderão concorrer a uma vaga no ensino superior no mês de janeiro.

Para visualizar o resultado basta acessar o endereço eletrônico https://enem.inep.gov.br/participante/ informando o CPF – Cadastro de Pessoa Física e a senha. Se o site do apresentar lentidão, isto se deve a eventual sobrecarga pelo elevado número de acessos  assim dificultando entrar na página, mas não desista, assim que diminuir o número de acesso voltará ao normal.

Recuperar a senha do Enem é bem simples. Basta informar o CPF, figura e clicar na opção “esqueci minha senha”. Assim o participante terá como opção em receber uma senha provisória via SMS ou no e-mail. Caso não tenha possua mais aceso a nenhum destes meios de contatos, clique na opção “não tenho acesso a este e-mail”  ou em “não tenho acesso a este telefone celular”.

Seguindo as instruções, participante terá acesso ao resultado do Enem 2018 e de algumas edições anteriores. O candidato encontrará um quadro resumo contendo as notas das áreas de conhecimento e da redação com nota e situação (presente ou ausente).

Como utilizar a nota do Enem 2018?

Quando sai o resultado do Enem 2018

A maior nota que os estudantes poderão tirar no Enem 2018 é 1000 pontos nas matérias e na redação. O número de candidatos que tiram nota máxima na redação vem caindo a cada ano. Isto revela certa falta de preparo e atenção dos participantes com a nota da redação, pois esta é o principal critério de desempate nos programas educacionais.

A redação do Enem 2018 teve como tema ” A manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na Internet”, a qual foi um tipo de tema muito discutido nos últimos anos. O texto será corrigido por dois professores especializados, mas lembrando que caso as notas sejam diferentes, haverá um terceiro professor.

O cartão-resposta será corrigido por computadores de alta tecnologia na utilizando como método de correção a Teoria de Resposta ao Item – TRI. Portanto, é importante ter preenchido todos os dados no cartão-resposta com caneta esferográfica de cor preta, para que a leitura dos dados seja feita corretamente.

Quem teve nota média superior ou igual a 450 pontos nas matérias e superior a zero na redação, terão direito de participar dos programas educacionais do Governo Federal: Sisu, Prouni e Fies.  As inscrições terão início a partir da segunda quinzena de janeiro, logo após a divulgação do  resultado do Enem.

O primeiro programa a abrir as inscrições será o Sisu 2019 – Sistema de Seleção Unificada. Nele serão oferecidas vagas em universidades e institutos federais de educação.

Outro que abrirá inscrições um pouco depois, em fevereiro, será Programa Universidade para Todos – Prouni 2019. Aqui serão ofertadas bolsas de estudos integrais ou parciais em instituições privadas de ensino superior. Diferentemente do Sisu, o Prouni agrega outros requisitos como critérios de renda, etc.

Por fim, o MEC abrirá o processo de inscrições do Fies 2019, Fundo de Financiamento Estudantil, que é o financiamento de mensalidades a juros baixos. O estudante quita amortizações durante o curso e só começa efetivamente a pagar após a graduação.

Leave a Comment

Notícia anterior:

Próxima notícia: